Se possuir um problema de jogo e pretender ajuda, ou se conhecer alguém nestas circunstâncias, contacte 1-800 GAMBLER

Fernandez lutou por cada ponto

10 setembro 2021 18:50:13 EST

A adolescente canadiana Leylah Fernandez disse que "lutou por cada ponto" para poder chegar à final do Open dos Estados Unidos.

Fernandez consegue desta forma alcançar a final depois de bater Aryna Sabalenka em três emocionantes sets, com os parciais de 7-6, 4-6 e 6-4.

A canadiana de 19 anos vai defrontar outra tenista sensação na final, a britânica de 18 anos, Emma Raducanu.

Fernandez defrontou uma adversária muito complicada nas meias-finais, Sabalenka, que marcou igualmente presença nas meias-finais de Wimbledon. A canadiana conseguiu vencer o primeiro set no tie-break (7-3), mas permitiu que a bielorrussa de 23 anos forçasse um terceiro set.

Sabalenka é a actual número dois do ranking mundial e, com a número um Ash Barty fora da competição – depois de uma surpreendente derrota na terceira ronda, parecia destinada a marcar presença na sua primeira final de um Grand Slam.

Contudo, ao servir para levar o terceiro set para o tie-break com 4-5, a bielorrussa falhou e 'ofereceu' à sua adversária três match points – com Fernandez a precisar apenas de um para fechar o encontro.

"A minha força mental vem de anos e anos de sangue e trabalho duro. Sacrifícios dentro e fora dos courts", disse Fernandez no final.

"Eu simplesmente queria muito estar na final. Lutei por cada ponto".

A final terá duas adolescentes, o que não acontece no Open dos Estados Unidos desde 1999, altura em que Serena Williams levou a melhor sobre Martina Hinguis. Esta será também uma final entre duas tenistas sem pré-designação, algo que não acontece – entre homens ou mulheres – desde o início da Era Open no ténis, em 1968.

Apostas de Ténis